quarta-feira, 20 de maio de 2015

VIDA ETERNA


De que me serve
a potente luz
que brilha como sóis,
do lado de lá da vida,
aqui neste escuro?

Dá-me uma fagulha e serei feliz
agora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário